terça-feira, 5 de março de 2013

5 ideias para o 33

1. A exibição em Aveiro não surpreendeu - principais titulares em queda física desde há um mês; um sistema que desgasta mais os jogadores, privilegiando o rasgo e a intensidade pelas alas à organização e posse no miolo; 2 médios para 4 adversários; jogo europeu na Quinta; pressão pelo empate do Porto. Ainda assim, cumprimos o objectivo: vencemos e ganhámos dois pontos de vantagem sobre o Porto. 

2. O resultadismo é uma análise curiosa porque não tem em conta vários factores da realidade. É um pouco como o adepto que acha que o penálti bem marcado é aquele que entra, sem pensar que, se a bola foi mal batida e entrou, o golo existiu não por mérito do marcador mas por sorte ou demérito adversário - no tempo, terá mais probabilidades de insucesso do que aquele que marca sempre ou quase sempre o penálti que apenas depende da qualidade do executante e nada mais. Portanto, sobre as exibições do último mês, temos duas linhas de pensamento: aqueles que se limitam a olhar para os resultados e a dizer "é melhor ganhar jogando mal do que empatar jogando bem" - verdade óbvia que ninguém contesta, mas não é esse o problema - e aqueles que, vendo a forma como a equipa, além de cair fisicamente, começa a dar sinais preocupantes de esgotamento do modelo de Jesus, antecipam jogos ainda mais fracos nos próximos meses, perdas de pontos e época, mais uma, desesperante. Como em tudo, há um meio-termo. Ou devia.

3. A minha esperança neste momento? O mau momento do Porto; algumas lesões como as do Moutinho; as equipas da Madeira inspiradas quando os receberem. O Benfica, no momento de forma em que está, vai perder alguns pontos - mas o Porto também. Resta saber se, no meio de pontos perdidos nas próximas jornadas, conseguimos ainda aumentar a vantagem para 4 pontos. É fundamental chegarmos à penúltima jornada a podermos perder o jogo. Um título que seja disputado num jogo no Dragão que não podemos perder é tudo o que não queremos - nos últimos 30 anos ganhámos lá 3 vezes, empatámos poucas e perdemos quase sempre. A falta de mentalidade vencedora contra o Porto (que não é de agora, tem 15 anos) não nos permitiria arrumar a questão com autoridade - e que bonito seria ir resolver o título ao Porto com uma vitória. Mas eu prefiro, em vez de sonhar, meter os pezinhos no chão. Vamos lá ganhar mais 2 pontos aos gajos e depois gerir até ao clássico. Se lá chegarmos com 4 de vantagem, aí sim, a liberdade de podermos perder o jogo pode facilitar a nossa vitória. E isso seria a loucura.

4. Antes de cenários idílicos, vem aí o Bordéus. É sempre perigoso quando começa a nascer uma ideia de facilidade em jogos europeus. É certo que os franceses são claramente inferiores ao Leverkusen, mas o futebol não é nem nunca foi um jogo de lógica básica: "se ganhaste a uma equipa de segunda, então ganhas de certeza a uma equipa de terceira". O futebol é um jogo diferente em todos os jogos. Na Quinta, vai começar um jogo novo, não o terceiro de um triangular entre Leverkusen, Bordéus e Benfica. Além disso, as exibições da nossa equipa demonstram que estamos a chegar ao ponto crucial em que há que fazer escolhas. Por mim, poupava 3 ou 4 titulares, mantendo uma equipa competitiva. A prioridade neste momento - reforço: neste momento, porque se nos virmos em desvantagem pontual no campeonato acho que devemos mudar o rumo da prioridade - é o Campeonato. É fundamental saber, dizer, pensar e fazer isto. Jesus sabe e diz. Mas não pensa nem faz. 

5. Porto na Champions - sim ou não? Há quem os queira eliminados com o Málaga por uma questão puramente de rivalidade. Outros há que abordam a questão financeira e defendem que interessa ao Benfica que o Porto não passe para que apareçam no próximo ano mais fragilizados e sem tanto poder de investimento. São naturais e legítmas opiniões, eu tenho outra. O fundamental esta época é sermos campeões - é isso que vai destruindo a hegemonia portista e é isso que os enfraquece, se depois continuarmos a ganhar (depois de 2010 desperdiçámos uma oportunidade de ouro, com imbecilidades próprias). Ora, não vejo como podemos nós ganhar o campeonato se nos mantivermos, como é muito provável, em jogos constantes de Liga Europa durante a semana e o Porto apenas e só focado no título nacional. É que a quebra física de Fevereiro é só o princípio de uma quebra que vai ter sequência nos próximos, e cruciais, dois meses. O Porto tem de continuar na Champions, tem de ter pelos mais dois jogos de grande intensidade - não só física e competitiva, intensidade mental, antes e depois desses jogos. É isso que faz com que possam perder pontos no Campeonato - ou pelo menos ajuda e potencia. A questão financeira tem de vir sempre depois da questão desportiva. E a nossa questão hoje, agora, esta época, só pode ser uma: queremos ser campeões. 

35 comentários:

king disse...

Eu insiro-me no lote de quem prefere continuar a ver o Porto na Champions. Exatamente pelo que foi aqui referido: o desgaste físico.

luis disse...

É que nem mais para trás, nem mais para a frente: é isto mesmo. Tudo.

M disse...

1- não surprendeu, mas tinha o desejo que o fizessem. tinha o desejo que se chegasse e se arrumasse o jogo em 20/30 minutos e dps, gerir que época está na altura fulcral...tinha o desejo que o JJ percebesse a já eterna questão do meio campo e dos 3 jogadores que lá deviam estar e não estão... tinha o desejo de ganhar e ganhamos, enfim siga, balanços chegam no fim

2-pois...é a diferença entre académica e paços...paço joga bom futebol, joga de peito aberto na luz, leva cabaz mas depois, fruto desse futebol positivo, limpa os outros... a académica, vem destruir, leva na pá, e depois, como nao esta formatada para jogar melhor, leva na pá de todos os outros..jogar bem é objetivo, ganhar (resultado) é consequência direta.

3-Porto anda estranhamente intermitente...mas não alimento nenhum esperança, ganhar jogo a jogo, logo se vê! it's a rollercoster baby!!!

4- Bordéus...novo jogo, novas dificuldades, Bayer já foi..humildade, calma e tendo em conta que ha Gil na Luz no Domingo, tentar adquirir almofada para segunda-mao, com os melhores disponiveis...dps, temos França na Quinta e Guimaraes no Domingo, isso sim, 2 ossinhos bem duros de roer

5-Porto na champions, sim, claro! os gajos a meterem todas as fichas no campeonato (todas mesmo...) em exclusivo?!?! não..mais um joguito pelo menos, de preferência com o Bayern sff....

GNR disse...

O Porto ainda só jogou 1 jogo de Champions e perdeu 4 pontos na 2ª volta. Na semana do jogo com o Sporting, nem a Taça da Liga jogou.

Claro, quanto mais jogos mais desgaste, ainda por cima, o plantel que têm não lhes permite rodar, nem o podem fazer na Liga dos Campeões, nem agora no campeonato, onde a margem de erro acabou.

Além disso, a nossa "2ª equipa" pode eliminar o Bordéus. Depois vem a paragem de 2 semanas para a seleção e o fim de semana da final da taça da liga para os jogadores recuperarem.

Para mim, o jogo chave vai ser em Guimarães.

Pedro disse...

1- A exibição de Aveiro não surpreendeu pq JJ mantêm sempre a sua táctica teimosa. O que surpreendeu foi a facilidade com que o Beira Mar aproveitou as debilidades dessa táctica.

2- Todas as equipas em todas as épocas têm um jogo ou dois em que vencem sem o merecer. Da mesma forma que é normal acontecer perder ou empatar aquele jogo em que fomos esmagadores mas a bola não quis entrar. Mas o SLB apresenta os mesmos problemas que apresentou nas epócas passadas: uma táctica errada para a competição em causa. E isso é grave. A única mudança relevante do SLB é o facto de estar a rodar muito mais o plantel e isso impedir um maior desgaste nos principais atletas.

3- O mau momento do fcp é passageiro. Como tinha dito anteriormente era em Alvalade o único sítio que via o fcp perder pontos. felizmente perdeu. Mas o SLB não os pode perder. Dificilmente seremos campeões se perdermos pontos até ao Dragão...e se a vantagem for apenas de 2 pts...

4- Quinta feira é na máxima força para tentar resolver já a eliminatória. A Liga Europa é para ir até ao fim pq temos plantel para enfrentar a liga nacional. Não é e nem pode ser por aí que o SLB terá problemas.

"porque se nos virmos em desvantagem pontual no campeonato acho que devemos mudar o rumo da prioridade "

Isso só faz sentido se estivermos AINDA na Liga Europa. Por isso é atacar com tudo esta primeira mão. Com tudo.

5- Porto na Champions é moral para eles. Ponto final. Não é por estarem na Champions ou fora dela que vão ser mais ou menos fortes cá dentro. Nem acredito que acredites mesmo nisso.

Faneca disse...

Brilhante post.

Tudo dito.

Ricardo disse...

Acredito, pedro. Completamente. E, como disse, não é só uma questão de desgaste físico. Um jogo de Champions mexe com os jogadores, antes e depois dele há influências mentais: primeiro, concentração, depois descompressão. Repara que ainda só fizeram um jogo na Champions, pós-grupos, e já perderam 4 pontos, como diz o GNR. Não os perderam apenas por isso, mas ajudou. Mais 3 joguinhos desta intensidade (e atenção que se passarem podem apanhar um adversário que ainda os obrigue a outro comprometimento) e o campeonato pode ficar arrumado para o nosso lado. Se fizermos o nosso trabalho, claro.

Abel Cop disse...

tl;dr

Mr. Shankly disse...

1. e 2.: 100% de acordo.

3. Não é só a falta atitude competitiva que nos leva a fazer os resultados que fazemos no Porto. Aliás, a falta de atitude competitiva deriva do mesmo factor que nos leva a perder tantas vezes.

4. De acordo, poupava uns quantos. Jogavam Artur, Almeida, Luisão, Garay, Melga, Gomes, Martins, Aimar, Gaitan, Salvio, Cardozo.

5. Não sei o que prefiro, sei que não vou torcer por eles, sou incapaz. Pelo Sporting sou capaz, curiosamente.

Gandhy disse...

Naturalmente que quero que o fcp continue na Champions. Por um lado "doi" vê-los a chegar aos quartos de final, a receberem muito mais dinheiro de prémios da UEFA, mas prefiro ver o fcp a disputar mais dois jogos de alta intensidade. No entanto nos quartos desejo que apanhem um Bayer Munique ou um Real Madrid e não um Schalke ou PSG, porque dai a uma meia final ou mesmo final vai um pequeno passo! O plantel não tem tantos jogadores de qualidade para manter as duas provas, ou então a amarelinha faz milagres!

Quanto ao Campeonato, penso que as próximas três/quatros jornadas vão ser decisivas. O Benfica com o jogo em Guimarães, depois de Bordéus( com quem devemos apostar num misto de primeiras com segundas linhas), e a próxima saída a ser a Olhão onde não ganha para o campeonato à muito tempo. Fcp com saídas a Marítimo depois de málaga e académica, sedente de pontos, mais uma recepção ao braga (vão abrir as perninhas de certeza!!) Estas quatro jornadas vão ser decisivas.

Cardoso disse...

Com uma tactica errada ganhamos os jogos quase todos..
FDX o JJ anda a fazer milagres e so vejo criticas.

DeVante disse...

Sobre Porto na Champions, é indiferente...o factor "fruta" é determinante.

Sempre que o Porto joga na Champions, o jogo do campeonato imediatamente anterior é "resolvido" logo cedo. Ou inventam um penalty logo no início, ou amarelam os jogadores da equipa adversária logo do início ou...ambas as coisas. E sim, estou com o Pedro neste aspecto...ficam tremendamente moralizados. Ah, sem esquecer que uma boa campanha na Champions serve para branquear as vergonhas e os roubos.

Prefiro que sejam eliminados contra "este" Málaga de forma a expor as suas fragilidades e facilitar na identificação dos benefícios que poderão ter no campeonato.

P.S: Perderam o jogo contra o Sporting porque os lagartos ainda têm algum estatuto. E mesmo assim...

Estou certo que se o jogo fosse num outro estádio qualquer Paulo Baptista teria inventado qualquer coisa extra...

Pedro disse...

O porto perde pontos pq não é assim tão forte como pintam nem sempre os apitadeiros conseguem fazer o serviço. Os jogos da Champions são irrelevantes.

São demasiados anos disto para vocês terem essa opinião...

Anónimo disse...

o pessoal temtanto medo de perder para o porto e uma falta de confiança no benfica que no fundo , acham q o porto estar na champions ou nao é igual pq o benfica vai perder , enfim , a confiança o ambiente etc começa nos adeptos , o benfica hoje em dia tem adeptos que sao fraCOS demais so fazem numero .
claro que é melhor o porto continuar na champions apesar de me custar ver aqueles montes de merda a ganahrem , mas assm vao ter desgaste e muito e nao tem muito por onde escolher , espero que rebentem o joao porquinho e o lucho , e o benfica tem mas é de cerrar fileiras e ganhar , espero que nao vacilem no campeonato porque acredito que se ganharmos os proximos 3 jogos do campeonato os porcos vao perder pontos e nos alargaremos a vantagem , esper mesmo q ganhemos os roximos 3, 4 , jogos e se por acaso alargarmos a vantagem entao o benfica levanta voo e muito dificilmente perde o campeonato .

David Duarte disse...

Ricardo, apenas uma consideração. Partilho a tua analise às possibilidades que temos de chegar ao Porto e ganhar. Os numeros que apresentaste falam por eles mesmos. Contudo, ao dizeres "É fundamental chegarmos à penúltima jornada a podermos perder o jogo." não contribuis tu também a esse complexo? Não emocionalmente (o medo que existe nas equipas do Benfica quando vão ao Dragão, sempre de rabo entre as pernas), mas racionalmente?

Hattori Hanzo disse...

Para o nosso campeonato é importante de facto que eles se mantenham para se cansarem física e psicologicamente(embora também seja verdade que ao se manterem possam receber desta forma alento). Quanto a nós parece-me que de facto temos equipa superior ao Bordéus e não seria mau descansar alguns dos nossos principais jogadores (porque se nota que de facto estamos a decrescer a nossa intensidade... é que não nos esqueçamos que nas últimas 3 jornadas ganhámos dois jogos pela vantagem mínima que surgiu dum penalti, o que mostra que estamos a ter mais dificuldades a concretizar ou a criar situações de perigo do que antes).
Eu penso que daqui a duas jornadas poderá ser importante: nós vamos a Guimarães e eles à Madeira com o Nacional, dois campos teoricamente nada fáceis.

Ricardo disse...

David, o complexo existe, está entranhado, tem a ver com as sucessivas estruturas e direcções que temos tido. O trauma não se esbaterá de um momento para o outro, é coisa que demora tempo, que se faz passo a passo. Eu acho que só ganhando campeonatos é que poderemos construir uma mentalidade vencedor e não o contrário, porque não há competência para tanto. Logo, mantenho-me na realidade: há o complexo e há um jogo decisivo na penúltima jornada. Posso dizer "temos de ir ao Dragão sermos campeões" ou "é melhor não chegarmos ao Dragão sem termos resolvido o título". Prefiro a segunda, embora a primeira me, nos, desse um prazer descomunal. E, mais pessoalmente que é o que perguntas, não, não tenho qualquer complexo. Nem eu nem os milhares que andam pelos estádios a puxar pelo Benfica. Se na estrutura houvesse metade da mentalidade vencedora dos adeptos que andam épocas inteiras atrás da equipa seguramente que não teríamos só 3 vitórias no Porto em 30 anos. Mas isso é questão que não podemos controlar.

Pedro Ribeiro disse...

Concordo com tudo, mas gostaria de acrescentar algo ao ponto 3. Ir com 4 pontos ao dragão seria o ideal, mas ir com 2 também não seria mau de todo, porque eles sentir-se-iam mais pressionados a ganhar, embora a isso não estivessem obrigados.

M disse...

Nacional é complicado para o Porto?!? ah, espera, o Rolando já saiu....

Anónimo disse...

Estou-me literalmente a cagar para o Porto. Concordo que temos que lá chegar com 4 pontos de avanço, pois o normal é não ganharmos.

Noutra vertente, estamos a fazer uma época fantástica.
Espero que renovem com o JJ mais uns anitos pois tinha muitas saudades de ver o slb como está hoje em dia.

DeVante disse...

O "complexo" só desaparecerá se, nos próximos anos, tivermos de lá ir sem a obrigação de ganhar que, aliás, é o que lhes acontece quando vêm à Luz.

Nós vamos lá sempre sobre brasas, sempre a precisar de ganhar, sempre em desvantagem pontual, SEMPRE!!!
Todos sabemos disso e é precisamente por isso que estamos convictos, todos nós, que tudo farão para reduzir e esbater a diferença pontual.

M disse...

"Nós vamos lá sempre sobre brasas, sempre a precisar de ganhar, sempre em desvantagem pontual, SEMPRE!!!"

já lá fomos, em vantagem, a jogar bem e com real possibilidade de cavarmos distancia de 4 pontos, em pleno Dragao...que sucedeu? Proença, esse grande benfiquista.

Bicadas de Aguia disse...

1- Quebra física há um mês? Livra, o Jogo com o Paços foi quando? Isto de não rodar a equipa é terrível, ah, espera, o Benfica roda bem mais a equipa que o FCP
2-Haveria meio termo se visses as coisas boas, mas infelizmente já habituaste a não as ver, portanto vês as ditas más exibições, ignoras as boas porque não dá jeito...
3-A minha esperança? A nossa equipa, a nossa garra, e falando de jogos do titulo no dragão acho que o ultimo desse género foi até ganho por nós, lembro-me de um gajo chamado César Brito, de uma equipa que se equipou nos balneários... enfim....
4-Jesus tem feito isso mesmo de poupar titulares mesmo em jogos europeus a pensar no campeonato! Então? Dorme-se no blog é isso?
5- Ah, e porto na Taça da Liga claro, já serão 2 jogos que terão a mais que nós, yey!!! Essa do FCP ir mais longe na Europa nos ajudar é uma enorme e colossal tanga!!!
6- Arbitragem, aquela coisa real que existe, dominada pelo FCP, que nos rouba, assalta sem piedade e tão ignorada por este blog, apenas e só para dizer ah e tal desculpam-se com os árbitros.. Pois...
Ah, o ponto 6 claro é da minha autoria...

Count Zaccone disse...

Há algum pessoal que quer sempre tudo. Ou JJ poupa e é criticado, ou não poupa e é criticado.

O que tem acontecido? O JJ tem poupado e a equipa sem o fulgor normal dos titulares tem GANHO.

A meu ver a equipa não está cansada, foi somente um jogo mau contra o Beira-Mar

E a táctica? Fdx, os últimos da tabela e ia-mos usar a táctica de menor fulgor ofensivo?
O que aconteceu foi um jogo menos bom do nosso meio e um jogo soberbo do Beira-mar, que mesmo assim conseguiu perder e o SLB conseguiu ter as melhores oportunidades.

Sem dúvida que gostava que a equipa estivesse a jogar melhor, mas ou se roda ou não.

É compreensível que o pessoal esteja sempre muito céptico em relação ao JJ, principalmente devido à época passada, mas sinceramente parece que o homem tem acertado nas tácticas.

E não digam que estou eufórico, porque também tenho o meu bocadinho de céptico. :D

Ricardo disse...

Bicadas, sobre o ponto 6 só os que, como eu, não votaram no actual Presidente podem falar - tu não podes. Quem apoia Vieira tem de ficar caladinho. Apoio inequívoco, Bicadas. Queixa-te ao ventoinha. Muito escrevo eu, porque posso (ao contrário de ti), sobre as arbitragens.

Sobre o resto, é impossível discutir futebol com quem diz tanta barbaridade.

Miguel A. disse...

Ricardo, ao contrário do que muita gente diz o Bordéus não vai ser pêra doce, e vamos ter dois jogos muito difíceis pela frente - e, a avaliar pelas declarações que li do presidente deles, os jogadores vão estar mais do que motivados para passar a eliminatória, até porque é a única competição em que ainda podem chegar longe. Podemos fazer um bom resultado na Luz, mas duvido que isso nos permita descansar para a segunda mão. Há dois anos ganhámos 4-1 ao PSV na Luz e na Holanda foi o que se viu, com os gajos a chegarem num instante ao 2-0.Esta LE está muito equilibrada.

Tivéssemos mais duas/três soluções de valia no plantel e poderíamos lutar pelo campeonato e LE em simultâneo. Assim, é mais difícil. Além disso, se não estou em erro, tanto na CL como na LE as equipas que têm hipóteses de chegar aos quartos e às meias não lutam pelo título interno, à excepção do Bayern e do Barcelona que já têm uma vantagem confortável. E ainda temos as equipas russas na LE, fortes e com um calendário diferente do da restante Europa.

Acho que o jogo em Guimarães vai ser decisivo, tal como no ano passado. Se ganharmos, temos muito boas hipóteses de continuar a lutar pelo campeonato, até pelo ânimo que isso pode dar à equipa. Se ganharmos em Guimarães depois de termos eliminado o Bordéus, melhor ainda.

Quanto ao Porto na CL, aqui desculpa-me a minha ignorância. Não sei se eles vão jogar dois jogos em 7 dias na CL, se passarem contra o Málaga, ou em 15 dias. Se for em 7 dias, quero que eliminem o Málaga para serem obrigados a um desgaste grande. Se for em 15 dias, acho que isso lhes dá mais do que tempo para recuperar e terem aspirações a passar à fase seguinte, o que do ponto de vista anímico era bom para eles e lhes dava espaço de manobra para continuarem vivos no campeonato.

Temos um calendário mais difícil, na minha opinião. A deslocação que o Porto de fazer ao Nacional não é o mesmo que significa para nós.É tradicionalmente fácil para eles, fruto de uma grande amizade entre direcções... E só têm de receber o Braga, que lhes abre sempre as pernas. No ano passado também disse isso mesmo, e muita gente me contrapôs que o Braga lhes ia ganhar porque se queria qualificar para a CL, etc. Mas depois foi o que se viu - e em Braga. Nós temos de receber o Sporting, ir ao Marítimo, a Olhão e a Guimarães.

Gerir tudo isto não vai ser fácil, mas, repito, se ganharmos em Guimarães - até porque depois vem uma pausa por causa das selecções - poderemos ganhar um balão de oxigénio.

Abraço.

V. Branco disse...

Nova regra tão democrática como Hugo Chávez: quem votou em vieira não tem direito a falar de arbitragens!!!!
E que tal, quem critica toda a época, principalmente direcção e treinador não ter direito a festejar o título, caso seja alcançado??!!

Rafael Ortega disse...

Espero que o Porto perca 1-0 em Málaga e tenha que ir a prolongamento. Depois volta para Portugal e mete-se no avião outra vez para ir à Madeira.

A comunicação social anda a encobrir uma coisa que só os tapadinhos não percebem: O Porto está muito mais estoirado que o Benfica.

Se forem a prolongamento em Málaga perdem pontos com o Marítimo.

Ricardo disse...

Achas que tem, V.Branco? O apoio inquívoco significa isso: que não só se acredita na estrutura que dirige o futebol portugues como se acredita inequivocamente. Não tenho culpa que a tua espinha seja torta. Mas a lógica é evidente.

E se não formos campeões - como não fomos nos últimos dois anos - os que passam o tempo a fazer vénias prometem calar o bico ignorante nos próximos anos? Não, pois não? É que o ano passado e há dois anos escrevi exactamente o que ia contecer meses antes e fui levando com merda como tu constantemente. Depois aconteceu, calaram-se até Agosto. E nesse caso, branco? O que deviam ter feito esses imbecis?

Quanto tu me proibires de festejar um título do Benfica, o mundo está do avesso, cara de caralho. Precisas ainda de virar muitos frangos para fazeres o que eu faço pelo Benfica. Coitadinho. Apoia na internet, nerdzito, e dá-te por feliz por ficares por aí.




M disse...

nossa, que violência....tem calma Ricardo,que ainda entopes uma veia.

:)

Bicadas de Aguia disse...

Ricardo, em outro blog disseram que aqui não insultavam, chamar cara de caralho deve ser elogio....
FANTASTICO!

Ricardo disse...

Fantástico, Bicadas. Essa tua forma de encarar a vida é extraordinária. Vamos ver o que disse o "cara de caralho":

"Nova regra tão democrática como Hugo Chávez: quem votou em vieira não tem direito a falar de arbitragens!!!!
E que tal, quem critica toda a época, principalmente direcção e treinador não ter direito a festejar o título, caso seja alcançado??!!"

Não, Bicadas, isto não merece insultos. Merece palminhas.

TaKuara disse...

É super importante o Benfica ganhar o jogo com o Bordéus e o Porto ser eliminado com o Málaga.

Isso fará com que o Benfica (10º) passe o FCP(9º) no ranking Europeu, e mandará o FCP para o pote 2 da Champions na próxima época (contando que Arsenal/Inter/valencia) fique fora do acesso á Champions via campeonato...

Bicadas de Aguia disse...

Ricardo, tendo em conta esta tua frase dita em outro blog " Não compreendem o que ali é feito e a natural resposta é o insulto. É a resposta dos fracos e dos ignorantes. "
Consideras-te fraco, ignorante ou ambos?

Ricardo disse...

Ainda não percebeste (percebe-se porquê): nós não insultamos ninguém só porque sim - como fazem alguns blogues que estão mais preocupados em insultar-nos do que em pensar o Benfica. Agora se vêm aqui uns imbecis destilar ódio e insultar-nos queres que respondamos com quê, flores?