segunda-feira, 18 de março de 2013

Só para dizer que estou (quase) vivo.

Por razões pessoais que não interessam para aqui, não tenho podido escrever nada sobre o Benfica. É pena porque, além de ter tido de ler as anormalidades do costume de gente que só sabe viver dentro do ódio e de macabras teorias da conspiração, não tenho podido analisar decentemente estes últimos excelentes resultados da nossa equipa. Posso apenas regozijar-me por estarmos com pé e meio no 33º, se mantivermos a humildade que o nosso mister ontem em conferência de imprensa pareceu querer manter. Além disso, Liga Europa e Taça de Portugal. Com as opções certas, pode ser uma época de luxo. Mas convém lembrar, para que nos não percamos nos mesmos equívocos de (quase) sempre: ainda não ganhámos nada.

(Quando puder, prometo voltar com mais disponibilidade e, sobretudo, mais cabeça - que não tenho tido. Até lá, um grande abraço a todos os que gostam de ler o que escrevo e a todos os benfiquistas que valem a pena)

17 comentários:

Tó-zé disse...

Grande Ricardo! É isso mesmo, cabecinha no lugar, trabalhar da mesma forma. Julgo que agora, mais do que nunca, a prioridade é o campeonato, pois manter os quatro pontos de avanço até ao dragão é sinónimo de 33º!

Pedro disse...

Carrega Ricardo.
Uma dia esta malta pode ser que perceba que muito do até agora sucesso desta época deve-se a mudanças q JJ fez na sua estratégia e q sempre foram defendidas neste espaço (e no meu, já agora).

Só pecas na questão das prioridades e do secundarizar a Liga Europa.

Abraços e volta rápido.

Germano Bettencourt disse...

Ricardo,

Todos os Benfiquistas valem a pena. É um erro pensar o contrário. Somos grandes porque todos contam.

Ulrich Haberland disse...

Desejo que os motivos que te ocupam sejam bons e que vás escrevendo por aqui pois Benfica é partilha e pensá-lo e vivê-lo é uma necessidade.

Estava com uma fezada que este fds o crac perdia e nós ganhávamos. Quando tenho este grau de certeza num "pressagio" fico bem caladinha para não atrair energias negativas (nem me permito pensar nisso), e só falhei por um (4 em vez de 5 pontos de vantagem).

Um jogo em que o Tacuara marca um penalty decisivo com aquele grau de confiança, dança para as bancadas, o Garay marca num chapéu daqueles e o Artur defende sentado, só pode ficar na história do clube de forma especial.

Mas ainda não ganhámos nada e dificilmente o crac perde mais algum ponto até nos receber. Humildade, empenho, raça e confiança é a receita que concretiza sonhos. Temos muito que trabalhar e sofrer.

Rumo!!!

David Duarte disse...

Força ai Ricardo!

Hattori Hanzo disse...

Não sei se sou um benfiquista que vale a pena :), mas abraço correspondido e bem vindo de volta. Já não falta muito, e vamos ver se não será a machadada final para os tripeiros depois de terem sido eliminados pelo Málaga já estarem a 4 pontos no campeonato.

POC disse...

@Pedro, fodasse, e eu? Mau... ;)

@Germano Bettencourt, de acordo.

@Ricardo, bom regresso.

antoniomaia disse...

adorei o nosso "mister", ainda falta o nosso "presidente" ahahahah
acredito que estejas feliz apesar dessa intenção de dividir os benfiquistas, nota-se algum ressabiamento natural de quem chega há pouco tempo ahahahah
bem vindo, benfiquista ahahahaha

Viva o Benfica!
e pluribus unum

Anónimo disse...

Aqui deste Benfiquista que não vale a pena!

Acorda tonho! Tirando meia dúzia de egos dilatados como o teu, ninguém deu pela tua falta!

Podes ficar lá na chocadeira. Talvez aí te reconheçam a importância que te dás!

Vá trabalha lá um "poucochinho". Carrega lá no Delete!

Só mais um a juntar a tantos!

T disse...

Todos os benfiquistas que defendem o benfica valem a pena.
Todos os benfiquistas, diferentes que sejam, valem a pena.
Todos querem o mesmo: ver o Benfica ganhar.

Quem se achar superior, não passa de um idiota arrogante, que ainda não terá percebido o que é o Benfica.
Diz o lema: "De todos, Um".

João Jordão disse...

"Mas ainda não ganhámos nada e dificilmente o crac perde mais algum ponto até nos receber."

Isto. Definitivamente isto (por culpa do regresso do Moutinho). Por isso é que ainda não consigo acreditar num 33º, visto que temos jogos complicadíssimos adiante.

Coluna dÁguias Gloriosas disse...

se perdermos iremos perder todos, se ganharmos iremos ganhar todos...nós os benfiquistas...

E Pluribus Unum

Saudações Gloriosas

Pedro disse...

POC, tu tb caralho!!! Tu tb!!! CARREGA!!!!

Anónimo disse...

Todos os benfiquistas valem a pena!Nao os há de primeira nem de segunda!
Boa sorte para a resolução dos teus problemas para que nos possas brindar com as tuas ideias.

Ricardo disse...

Meus caros, terei de discordar: como há seres humanos que não valem um chavo, há benfiquistas seguem a mesma bitola. Politicamente incorrecto, claro, mas não podia ser de outra forma. Prefiramos a verdade à solidariedade geral.

"De todos, um" não contempla insultos e boçalidade.

Quanto aos que valem a pena, que são muitos, grande abraço a todos. E VIVÓ BENFICA!

mnlopes disse...

Welcome back, Ricardo.
Gosto de ler os outros escribas mas és tu a chama imensa deste pasquim, perdão, tasco. :-)

Off-topic: viram ontem a cara do Hugo Gilberto no Trio d'Ataque?
Estava branca como a cal e tive sempre com a sensação que ia começar a chorar a qualquer momento. Eh, eh, eh. Azia a potes.

Miguel A. disse...

Ricardo, bom saber de ti.

Excelente o discurso do nosso mister após o jogo, há muito tempo que não gostava tanto de o ouvir. E está coberto de razão - ainda há muito para sofrer.

Pés bem assentes na terra. Temos ainda quatro jogos muito difíceis, e três difíceis. E às vezes os menos difíceis revelam ser os piores... além disso, recordo-me que, no ano passado, três arbitragens seguidas bem gizadas afastaram-nos do título num instante. Ninguém julgue que o café acabou e que não há fruta na fruteira, seria um erro crasso.

Se a equipa mantiver a mesma união, entreajuda e combatividade, e não houver lesões de jogadores-chave, temos muito boas hipóteses. Continuemos a lutar.

Abraço.