terça-feira, 20 de agosto de 2013

O estranho mundo de Luís Nazaré - o papagaio metamorfoseado em rato

Luís Nazaré era crítico do Presidente Vieira. O Presidente Vieira, sempre disposto a uma boa caça ao abutre, apareceu em público a chamar Nazaré de papagaio. Nazaré ouviu e calou. Logo a seguir, Vieira, que adora primeiro enxovalhar publicamente os seus abutrezinhos de estimação e logo a seguir dar-lhes um tacho para calarem o bico (como aos antigos abutres Varanda ou Moniz ou Gomes da Silva), claro, deu um tacho ao abutre que era papagaio Luís Nazaré. O papagaio, antigo abutre, Luís Nazaré aceitou e a partir desse momento tem feito ao Benfica dos piores serviços que algum Presidente da Mesa da Assembleia-Geral pode fazer. Em 3 passos, o notável percurso do antigo abutre-papagaio Luís Nazaré:

1) Vendo o Relatório e Contas chumbado, situação que por princípio moral (ainda se lembram do que é?) obriga a nova Assembleia (e só mesmo pela vergonhosa mudança de estatutos a obrigatoriedade não é, além de moral, estatutária), o que faz Nazaré? Nada, as eleições estavam à porta, não interessava nova reunião de sócios. E assim o papagaio de bico abutrado Nazaré fazia História no nosso clube, espezinhando a tradição democrática do Benfica.

2) Eleições, dois candidatos. Uma das funções de um PMA-G é defender o clube, analisando se quem vai a votos preenche os requisitos estatutários. Ora, nem Vieira nem Rangel os preenchiam. O que fazer? Simples: não aceitar nenhuma das candidaturas. O que fez o abutre-papagaio loiro Nazaré? Aceitou as duas! Porquê? Bem, a vitória estava garantida para Vieira, foi só uma forma de, INDO CONTRA OS ESTATUTOS, o Presidente da Mesa da Assembleia-Geral do Benfica adulterar a verdade. Para um abutre-papagaio até que serviu bem o animal que o domava.

3) Assembleia de há uns meses. Sob a ridícula desculpa de que havia impropérios (quando me mostrarem uma Assembleia do Benfica em que não haja uns tontos a chamar nomes uns aos outros avisem, se fazem favor), acabou a reunião sem deixar que os sócios falassem. Este papagio-abutre estava metamorfoseado num animal vieirista de primeira água, num verdadeiro animal do sistema. De crítico a submisso foi só o preço de um tacho e o empréstimo do cérebro para o caixote do lixo. 

Ontem soubemos que Nazaré decidiu suspender as suas funções no Benfica por estar envolvido numa campanha política. Primeiro ponto: é um desrespeito completo ser eleito pelos sócios do clube e depois, a meio, por lutas pessoais, abdicar do cargo - se quer ser político, abandone o Benfica. Melhor: antes de aceitar ir a votos como PMA-G lembre-se de pensar se quer ir a outros votos enquanto estiver a cumprir um mandato no clube - alguma vergonha na cara talvez ajudasse no processo. Segundo ponto: com esta suspensão, o abutre-papagaio Nazaré evita ter de presidir à próxima Assembleia, onde naturalmente seria apupado - agora sim, papagaio-abutre, irias ouvir bons impropérios. Assim, enquanto luta pela Junta de Freguesia de Alvalade, o abutre-papagaio já não tem de enfrentar os sócios do Benfica. Conveniente, não é?

Mas há mais: o antigo abutre que era um papagaio mauzão Luís Nazaré já percebeu que tem de ir abandonando o barco, pelo que é expectável que esta suspensão acabe em divórcio eterno. E assim, Nazaré, que já foi abutre, já foi papagaio e ultimamente tem sido concubina de Vieira, virou finalmente para a sua essência natural: a de rato de esgoto.

11 comentários:

Vitto Vendetta disse...

ouch!

Pedro disse...

Pode ser que as pessoas se surpreendam com o próximo a abandonar o barco...

Rusty Ryan disse...

Toma!

JNF disse...

Não sei se ele vai abandonar o barco ou não. Ele está na lista do PS para a mesa da AG da freguesia de Alvalade, freguesia essa que é tradicionalmente PSD. Tudo indica que vai perder.

Anónimo disse...

Pedro, estas a falar de quem?


Carlos Atalaia disse...

Concordo com a leitura. Esta suspensão cheira (muito) a esturro. O gajo nem é candidato à Junta, é à Assembleia de Freguesia...

Cá para mim, está-se a por a jeito para a guerra que aí vem. Obviamente, quer ficar do lado vencedor.

Pimento disse...

Sem duvida um dos teus melhores textos dos últimos tempos parabéns

Nelson Carreira disse...

Na mouche!

Rafa disse...

Tens toda a razão do mundo. O homem está a desempenhar as suas funções não para defende os interesses do Benfica mas sim para dar cobertura ás trafulhices do LFV.

Mário disse...

Desculpem, mas só vou dizer isto:

QUE FILHO DA PUTA DE ESTOURO NO ABUTRE-PAPAGAIO NAZARENO. SÓ VEJO TACHOS A VOAR...

luis disse...

..só quero acrescentar ,lembrando a tal historia do rolls-royce do Nazaré na assembleia que aprovou a construção da nova luz.
Ficou aprovado. in loco tive aquele longo abraço dos vencedores, Victor santos com o parceiro vieira, por baixo das bancadas da velha Luz, aliás foi a primeira vez que os vi juntos numa assembleia do Sport Lisboa...

- Passar por zangado dá um certo jeito, depende do tempo.