terça-feira, 6 de agosto de 2013

Parabéns, Mário «Monstro Sagrado» Coluna. Tu és Benfica.


4 comentários:

Ricardo disse...

Ao anónimo que aqui veio chamar-me de "esquerdista" e trazer links sobre Mário Coluna, duas coisas:

- não me chame tal coisa, que considero uma ofensa. Tal como não me chame "de direita". São gavetas políticas que considero lodo existencial.

- O Senhor Mário Coluna faz anos - este post serve para o homenagear, não para servir de publicidade a links. Apanhou-me na curva? Meu caro, o Mário Coluna está na imagem deste blogue há anos, volte cá outro dia, que discutiremos o assunto. Hoje não. Hoje é dia de festejar o aniversário do Monstro Sagrado, não há tempo para mesquinhos como o anónimo, que em vez de respeitar a homenagem vem para aqui armado em carapau de corrida.

Conde de Vimioso disse...


De forma singela cumpri o meu dever, aqui:

http://eddglorioso.blogspot.pt/

Carlos disse...

A seguir a Eusébio a grande figura da nossa história, e a distancia não é tão grande como a maioria das pessoas pensa.

Se o Pantera Negra foi indiscutivelmente melhor jogador, o Monstro Sagrado era o patrão daquela equipa, o líder em campo e o médio mais completo do mundo nos anos 60. Basta lembrar a velha história de Eusébio e a maior parte dos seus colegas o tratar por senhor.

A foto que tens em cima também é demonstrativa do respeito que Coluna impunha. É o pai do Maldini certo?

Para finalizar acho que todos nós nos esquecemos um pouco do Coluna, está na altura de o homenagear em condições enquanto o Coluna por cá anda. Por que não para o ano termos a Taça Coluna? O Eusébio não se importaria certamente e o Monstro Sagrado já o merece há muito.

Na minha opinião o Coluna guardou sempre uma mágoa em relação ao Benfica pela maneira como foi dispensado, como se fosse um jogador normal ainda para mais pelo seu ex colega Zé Augusto, o que pode explicar o fato de ter estado tão afastado do clube desde que pendurou as botas, essa homenagem serviria também para nos desculparmos pela maneira como ele se despediu.

Símbolos como o Coluna, o Humberto, Toni, Veloso e até o João Pinto deveriam ter estado ao longo dos anos na estrutura, para mostrar aos que chegam o que verdadeiramente é ou era o Benfica.

Miguel A. disse...

Muitos parabéns, Sr. Mário Coluna. Saúde e saudações benfiquistas, e um forte abraço. Precisamos sempre de si.

Para mim - alguns vão achar heresia, mas pouco me importa -, Mário Coluna é, a par de Eusébio e de José Águas (e convém não esquecer Guilherme Espírito Santo), uma das grandes figuras do Benfica. Nem sei se Eusébio teria sido o que foi se não tivesse Mário Coluna para o aconselhar e "apadrinhar" nos seus primeiros anos em Portugal. Infelizmente, mesmo, nunca tive a honra de o ver jogar ao vivo. Não esquecerei nunca a comoção com que recebeu a Águia de Ouro, creio que há dois anos, numa gala do Benfica. O Benfica construiu-se com Homens deste carácter.