quarta-feira, 2 de maio de 2012

Há 50 anos havia um clube chamado Sport Lisboa e Benfica


11 comentários:

bjorn disse...

épá, e ainda há foda-se, e continua a ser o meu! mas confesso alguma saudade dos tempos em que os meninos pagãos, para gozar comigo, me diziam "ah, o benfica só ganhava há 30 anos"

B Cool disse...

Por ondes andas Benfica ?

Anónimo disse...

Até á 25 anos havia um clube chamado Sport Lisboa e Benfica e um estádio mais conhecido por Inferno da Luz. Ainda bem que nasci em 79.

MM disse...

Uma vitória importante que muito deve orgulhar o SLB.

ps,
Quando descobrirem que gostar de um clube é muito mais do que gostar só quando vence, o SLB será também ele um clube melhor. E vós, melhores adeptos.

JC disse...

MM, obrigado pela lição de como ser um bom adepto.

Agora vai lá pregar para junto daqueles que mandam o presidente para o caralho 5 minutos depois de o elegerem.

MM disse...

JC,

Duvido que quem o fez foi quem tivesse nele votado. Seja como for o presidente é presidente, serve a instituição, não é a instituição.
Faz-me somente confusão (não muito, mas vá) que digam "o SLB era aquele e não este", "o SLB faleceu", "havia um clube chamado SLB" e outras assim. Porque é o mesmo SLB. O SLB é o SLB, no melhor e no pior, e renegarem ao SLB - "este SLB", segundo vós - é simplesmente renegarem ao SLB, porque não existe outro.

E depois? Fica o SLB sem adeptos? Ou mudam-se para o "verdadeiro SLB" que é este mas 50 anos depois porque o tempo infelizmente não pára? Como é que se muda para uma coisa que já aconteceu e muitos de vós (naturalmente) nunca viram? Não me parece possível, pelo que o estado de negação em boa verdade nada resolve.

Não levem as perguntas a mal: exultar a TC de 62 é (talvez) diferente de pegar-se nela como arma de arremesso para dizer que a instituição morreu. Não morreu, está viva. É a que conhecem. Os tumores e os quistos fazem parte dos organismos que habitam. Cuidem do bebé, curem-no; não o reneguem nem passem o tempo a dizer "ele só era bom enquanto tinha saúde".

Mais desejo progressista.
Menos espírito reaccionário.
Por um Benfica à Benfica, no bom e no mau. Mas vocês é que sabem obviamente.

JC disse...

MM, isto é uma questão de interpretação e cada um fará a que bem entender. Tu, fizeste a que bem entendeste.

Referi-me ao Benfica de há 50 anos por hoje se assinalar a data da conquista da 2ª Taça dos Campeões Europeus. Mas podia ter-me referido ao Benfica da década de 80 e inícios de 90. O que está em causa é o espírito de conquista, a vontade de vencer que se tem vindo a perder ao longo dos anos. O Benfica de hoje nada tem a ver - e nem falo de títulos, mas de mentalidades - com o Benfica desses tempos.

"Seja como for o presidente é presidente, serve a instituição, não é a instituição."

Certíssimo, MM. E o meu desencanto neste momento prende-se com isso mesmo: temos um presidente que não serve a instituição. Ao invés, temos um presidente que se serve ostensivamente da instituição.

Para curarmos o bebé, como dizes, há que atacar o mal. E não é dizendo que estamos satisfeitos com este Benfica que vamos curá-lo.

JC disse...

Só mais uma coisa: reaccionário seria ter andado a época inteira a dizer que estava tudo bem e vir agora bater no defunto. Podes acusar este blogue de tudo menos disso. Desde o início que aqui se tenta chamar a atenção para o que não vai bem.

Mas sim, há muitos por aí com esse espírito reaccionário de que falas.

Red Sniper disse...

..." O Benfica de hoje nada tem a ver - e nem falo de títulos, mas de mentalidades - com o Benfica desses tempos."...

De facto não tem, mas infelizmente não foi só a instituição que mudou, os adeptos também...

Há 50 anos atrás,e a esta hora eu estava a comemorar em Schippol a conquista da 2ª TCCE ! ! !

B Cool disse...

MM como és sportinguista, sei bem que gostaste dos 4 anos do PBento que ficaste à frente do Benfica, mas o inverso não nos satisfaz, a entrada para a Liga dos Campeões e o segundo lugar per si é sinal de época perdida e esse espírito é que é o espírito do Benfica, o querer ganhar sempre, ser melhor que os outros, não a qualquer custo, como os do norte, mas ser o melhor, e isso é algo que esta direcção e este treinador ainda não perceberam, e por isso o Manuel Sérgio tem razão, enquanto não houver um corte epistemológico com esta forma de pensar, acesso directo à Liga dos Campeões, valorização de jogadores, recordes de vitórias, campanhas meritórias na Champions, tudo isso pouco ou nenhum valor tem se não se traduzir em vitórias no Campeonato.
Não somos o Sporting, somos o glorioso Sport Lisboa e Benfica, entendes a diferença MM ?

B Cool disse...

A seguir aos malfadados 7-1 eu faltei à escola para ir pagar 1 ano de quotas ao Regedor. Nunca queimaria um cartão ou cachecol, nunca assobiei a equipa.
Sabes o que fez a equipa a seguir aos 7-1 ? Arrancou decisivamente para a última dobradinha do Benfica e na Taça brindou o Sporting com 5 secos.

Uns anos mais tarde, entrei na Luz a pensar que podíamos dar a volta à eliminatória com o Celta, apesar de passarmos por momentos negros com aquele aldrabão.

Porque antigamente, e falo por exemplo dos anos 80, onde cresci, o espírito era, perdemos, a coisa correu mal, mas a próxima vai correr bem, e não eram só palavras ocas sem sentido como eu vejo agora, era a crença na luta pelas vitórias, pelos campeonatos, se um ano corria mal, no outro logo correria bem, porque a mística passava de uns para os outros, na altura o grupo do Barreiro encarregava-se de passar a mística.

Hoje em dia, temos poucas referências e as que temos aprenderam o que é o Benfica só depois de estarem cá e sem as referências do passado, só com tipos que não sabem o que é vencer constantemente e o que é querer sempre vencer. São profissionais, mas falta-lhes a mística, a que eu vejo no Maxi sempre, ou no Javi na maior parte dos jogos, dar 110 %, lutar para lá dos limites do razoável em busca da vitótia, seja com adversários valorosos, seja com adversários menos cotados, mais luta e menos bazófia, como a que normalmente enche os nossos representantes quando vão à frente.

Onde está Vieira ? Aquele que veio à televisão quando estávamos em 1.º ? E Jesus, com tanta bazófia que tinha, o que diz agora ? Onde está o arrogante Jesus que vimos no fim dos jogos com a Académica o Guimarães, o Chelsea ou o Braga ?

Este não é o Benfica, o meu Benfica, este é o SLV, que promete mundos e findos, ganha um campeonato de 5 em 5 anos e umas taças da liga.