sexta-feira, 25 de outubro de 2013

As saudades da Velha, Parabéns à Nova

10 anos de Nova Luz. Leio muito aos benfiquistas "a minha casa". Confesso: 10 anos depois, poucas foram as vezes em que a senti como o meu principal refúgio. Sinto-a mais como "casa de férias" aonde vou desfrutar de uma temporada até voltar à minha verdadeira casa. Sim, ainda sinto o Estádio da Luz antigo como o meu lar natural. 

Às vezes, quando cantamos Benfica logo a seguir ao golo, fecho os olhos e imagino que estou no gigante de betão. Parabéns à casinha de férias, está moderna e arranjada, já nem chove lá dentro nem nada, tem tubos grandes a dar para o céu e condições de excelência.

E, no entanto, as saudades que eu tenho da minha antiga barraca onde acabava os jogos a pingar de chuva, de benfiquismo e de - oh, tão estranho - gloriosas e consecutivas vitórias.

9 comentários:

JotaPê disse...

"(...) e de - oh, tão estranho - gloriosas e consecutivas vitórias."

Pois é. E isso é uma merda que agora não temos. Inconvenientes do progresso...

V. Branco disse...

E agora é o Estádio!!
Se agora e com Jesus tudo é mau, enquadram-se as épocas de artur jorge, souness, autuori, manuel josé e por aí fora nas gloriosas e consecutivas vitórias??
Este problema de memória é preocupante! Querem ver que fomos campeões europeus há 15 anos e não me lembro?? E antes desta "vergonha" de Jesus e Vieira havíamos ganho os 9 campeonatos dos últimos 10!!!

Ricardo disse...

V. Branco, a minha cara revela uma clara incapacidade para lidar com os nossos posts. É a centésima vez que aqui vem falar do Benfica fundado em 1994. O seu clube é outro, o nosso nasceu em 1904.

Sendo assim, resta-me aconselhá-lha, já que tantos problemas lhe causam estes nossos textos, a deixar de cá vir. Não lhe faltarão pela blogosfera do Benfica nascido em 1994. O nosso tem mais 90 anos. Somos velhos para burro, minha cara.

JotaPê disse...

V. Branco,

Não percebo o porquê da menção a Artur Jorge num rol de incompetentes (em nada comparáveis a Vieira, naturalmente). Esse cavalheiro deve ter feito maravilhas no Benfica, porque ainda no outro dia foi convidado para um jantar de homenagem a Eusébio...

Nuno Pinho disse...

O Benfica foi fundado em 1904, tem uma história que nos orgulha, mas tem tido grandes problemas em adaptar-se ao futebol moderno. Esta é de resto uma opinião partilhada pelo Vítor Paneira e que eu gostaria que tivesse sido explorada na entrevista feita pelo blog - fiz uma questão nesse sentido, mas não foi aproveitada. É compreensível. Ao nosso "inconfundível" 7 não faltam estórias para contar...
Entretanto, as temperaturas baixaram e os 'mosquitos' não aparecem com a mesma vivacidade. Coincidência ou não, ficamos esta semana a saber da possibilidade dos jogos da Liga regressarem aos canais de sinal aberto. Que comentário vos merece?
link:
http://expresso.sapo.pt/liga-de-futebol-vai-voltar-aos-canais-de-sinal-aberto=f837178

Minha Chama disse...

Pimba! gostei dessa dos adeptos do Benfica, clube fundado em 1994. É de capar o resto do orgulho.

Qual será a idade do/a V Branco? 19 anitos... ou foi aos torresmos aquando da inauguração do museu?

Anónimo disse...

O Ricardo saudade parece um daqueles velhos do restelo.QUem o ouvir até pensa que hoje em dia ja nao se fazem chouriças

luis disse...

A Catedral...

O 3º anel, o grande inferno da Luz, a Claque, aquelas Bandeiras Desfraldadas na bancada central.
Cada equipe na sua vez de serem recebidas pela aquela massa humana de cor berrante. Os outros tremiam, mesmo antes do fecho do 3º anel.
O "bruá" do estádio tinha a paixão imensa das Vitórias.
Por vezes bastava 30 minutos à Benfica... 120 mil pessoas era diferente. Sentir que por vezes não chegava para todos, era uma expectativa para ver se dava a ultima da hora. Outros tempos!!
Dias de Sol, aquela romaria, aquela atmosfera de 120 mil almas empurrava de forma simples, repetindo loucamente o,
Benfica...Benfica...Benfica...
Confesso que não me recordo, quando começou a moda do SLB Glorioso SLB.
E os galinheiros, grandes, com profundidade para caber lá dentro, aquelas goleadas. Depois foram encurtando o raio da área do galinheiro...
As colunas de som, magicas de cor branca. Serviu de banco ao Pequeno Genial. Quando os rapazinhos do montevideu lembraram-se de montar uma batalha campal. Enquanto o Chalana foi descansar para o lado do nosso 3º anel. Na zona das cabines, as placas das substituições andavam pelo ar, com o Minervino em grande estilo...olha ali...Alberto a aviar 4 dentro do galinheiro.
Memórias que são iluminadas por aquelas Torres, carregadas de azulejos... de História.
4 Gigantescos focos... Uma Catedral de sonho.
A inveja dos "outros" construída inicialmente pelo Povo.
Que linda foto a do ontem...
Novo Século, Nova casa, Novo Benfica com Sad, Menos capacidade, na 4ª feira, no ultimo anel apanhei com chuva. É moderna a Nova Catedral é bonita, pratica apesar de estar muito chegada à av. general norton de matos.
Já vivi ali grandes momentos, com a selecção foram aqueles penaltis contra os ingleses. E a sentir o Nosso Glorioso também é contra ingleses do M U, com "ronaldo armani"... e o Benfica sem meia equipe. Alto jogaram sempre onze, marcou o Beto (matacão mas operário) e o Soneca de cabeça a centro do Nelson. Não ia ao estádio, devido em parte ao meu desanimo pelo andar da carruagem( reparem no ano...confesso que o veiga me criava mesmo mal estar).
Alguém lá em cima com os seus ensinamentos me segredou,
"Hoje ganhas aos ricos, são tantas as ausências, que o e pluribus unum vai exprimir-se em força"
Fiz contas, Geo a ponta de lança, Nelson a estremo direito, hoje não vai haver assobios pro Beto, mesmo com o aranha na baliza vamos ganhar.
À ultima da hora lá acompanhei 2 lampiões.
Chorei aos noventa e poucos minutos... olhei o céu... falei para muitos que fisicamente estiveram só na Velha...
O Benfica está na Alma,
"os fracos não rezam à história, cantemos alto nossa vitória"

Nota: acompanhei e assisti semanalmente a construção da Nova Luz, para não custar tanto ver a reciclagem da Velha.

Benfica Todos Tempos

Águia Preocupada disse...

Oh Ricardo deixa-os falar!
Eles sabem lá o que é o futebol a sério! Aquele que nos levava em romarias a pé pela cidade de Lisboa até ao estádio! Aquele que apelava à nossa paixão e nos fazia rumar a ele às onze horas da manhã para assistir a um jogo às três da tarde! Aquele em que cabiam a marmita, o garrafão e "obrigava" a uma convivência sã e fraterna.
Isso sim, era benfiquismo apenas e só! Nada mais importava desde que tivéssemos o privilégio de usufruir por duas horas, de uns centímetros do campo sagrado!
Hoje, tudo é sofisticado e sem sentimento! Já não há marmita nem garrafão! Mas há um espaço que tal como a comida ao quilo, não passa de fast food de plástico sem sabor e sem categoria!
Que saudades do velhinho mas imponente e magnânimo Estádio da Luz!